Epimedium

Epimedium

Foi em uma pesquisa realizada na Itália onde reportou-se que um antigo remédio da medicina erval chinesa conhecido como Horny goat weed ( ou em chinês Yin Yang Huo) ou Epimedium, tem potencial para tratar a disfunção erétil; o estudo concluiu que a erva pode ser um afrodisíaco natural.

Estima-se que uns 18 milhões de homens somente nos Estados Unidos sofrem de disfunção erétil e o estudo comprovou que o uso de medicinas como o viagra, ou outros que usam-se para tratar este problema, têm efeitos secundários como dores de cabeça, dor de estômago e problemas de visão.

Na procura por melhores, os cientistas estudaram aquelas ervas que eram indicadas como “boas” para melhorar o rendimento sexual. Os pesquisadores expuseram as diferentes substâncias à enzima que controla o fluxo de sangue que vai ao pênis, cuja inibição dá como resultado a ereção.

Dos estratos experimentados, o Epimedium foi o mais potente inibidor da enzima. Em base a isso, elaborou-se um processo no qual obteve-se um derivado do Epimedium similar ao Viagra, mas natural e que não provoca efeitos secundários. Esta erva libera testosterona, o que aumenta de forma natural o libido e a resistência.

Epimedium grandiflorum é uma planta, largamente utilizada em tónicos para o fígado. As suas aplicações já remontam a um passado muito longínquo, tornando-a tão popular como o famoso Ginseng. Dos seus constituintes ressalva-se os Omegas 3 e 9, o ácido palmítico, a vitamina E e os polisacarídeos.
Em 1990, pesquisadores descobriram que os extractos de Epimedium possuíam uma actividade inibidora da mono-amine-oxidase, revelando, em testes, que os níveis de seratonina, adrenalina, noradrenalina e dopamina subiam em flecha, na presença de Epimedium no organismo.
Era uma combinação ideal para aumentar a atividade sexual!
Níveis elevados de dopamina encorajam a libertação da hormona lutenzing da glândula pituitária.
As mesmas experiências confirmaram que os níveis de testosterona aumentavam, assim como a glândula da próstata e no músculo levator ani, o qual, quando estimulado pela testosterona ajuda a criar e a manter a erecção, aumentando, igualmente, a força da ejaculação (o que por vezes é de suma importância no caso de dificuldades em engravidar).
Outra particularidade interessante no uso do Epimedium, é o aumento da sensibilidade nos nervos extremos da pele, o que, indirectamente, aumenta a estimulação sexual.
O Epimedium, quando aplicado em doentes em diálise, com fraco sistema imunitário, restaurou as suas capacidades para a sua capacidade plena.
Comprovou-se, igualmente, que o Epimedium reduz os efeitos colaterais da cortisona. 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s